Chá de boldo: o segredo da boa digestão

Provavelmente você acabou de torcer o nariz ao ouvir falar no chá de boldo. Afinal, seu gosto amargo e característico já nos lembra dos chás que nossas avós faziam quando o assunto era a má digestão. Mas esse chá de gosto ruim é altamente benéfico para nossa saúde para diversos tipos de tratamento.

Fique conosco e conheça mais os benefícios e as propriedades do chá de boldo. Com certeza, ao final desse artigo você vai querer plantar um pezinho de boldo no seu quintal ou na sua varanda.

 

O que é o boldo

 

Seu nome científico é Peumus boldus, pertencente à família das Monimiaceae, e é popularmente conhecido como boldo. Trata-se de uma planta com forte ação medicinal, bastante utilizada para tratamentos do fígado. Existem 2 tipos de boldo: o brasileiro, que nasce um pequeno arbusto, e o boldo-do-chile, um arbusto maior, com folhas também maiores.

A composição das folhas de boldo é rica em alguns fitoquímicos com ação antioxidante, especialmente a boldina. Os antioxidantes são extremamente  importantes no combate aos radicais livres, que provocam danos em nossa saúde.

 

Benefícios do Chá de Boldo

 

Por conta de suas propriedades, o chá de boldo pode proporcionar diversos benefícios à nossa saúde.  O principal benefício que podemos conferir é o tratamento do fígado. Por isso ele é um excelente remédio natural que facilita a digestão após ter comido exageradamente.

Os sintomas do abuso do álcool, popularmente conhecido como ressaca, também podem ser tratados com o chá de boldo. Dentre esses sintomas temos as dores de cabeça, enjoos, vômitos, dores no estômago e fadiga.

Por causa da sua ação digestiva, o boldo também ajuda a combater os gases e, como consequência, ajuda a desinchar a barriga. Além disso, o boldo também possui ação diurética, laxativa, antibiótica e anti-inflamatória.

 

chá de boldo

 

Pode-se dizer ainda que o chá de boldo consegue minimizar as reações provocadas no corpo pelas bactérias e fungos. Também funciona como um forte auxiliar no combate às inflamações e à infecção da bile. Com relação ao trato urinário, o chá de boldo também é um ótimo remédio, justamente por ele ter um leve efeito diurético.

Em termos gerais, o chá de boldo é majoritariamente usado por causa de seus benefícios em nosso sistema digestivo. Ele age diminuindo os sintomas da azia e da gastrite, reduz a formação de gases e também promove um alívio na digestão por conta de alimentos pesados e gordurosos.

Esses efeitos são devido a uma substância chamada lactona, presente em suas folhas. Essa substância é responsável por atuar no combate das gorduras ingeridas.

Os principais benefícios do chá de boldo são:

 

  • Melhora do fígado;
  • Melhora na digestão e no funcionamento do aparelho digestivo;
  • Diminuição da azia;
  • Redução dos efeitos das bebidas alcoólicas;
  • Melhora no tratamento de gastrite;
  • Auxílio no tratamento de problemas na vesícula biliar;
  • Alivio dos sintomas da intolerância alimentar;
  • Diminuição dos gases;
  • Efeito calmante
  • Possui ação antioxidante, antifúngica e antibacteriana

 

Como preparar o chá de boldo

 

O melhor método indicado para fazer o chá de boldo é através da maceração das folhas. Para isso, você deve pegar algumas folhas de boldo e esmagá-las com o auxílio de um pilão. Esse processo é importante para que as folhas liberem suas substâncias, e deve ser feito até que se obtenha o sumo. Feito isso, depois que estiverem bem maceradas, acrescente água fria ou levemente morna e está pronto para o consumo.

 

Contraindicações

 

O chá de boldo deve ser evitado por gestantes, pois o seu excesso pode ter uma ação abortiva. Mulheres que amamentam também devem evitar o chá de boldo.

 

Leia mais: Remédio caseiro para dor de barriga: aprenda como fazer

 

E então, esse artigo sobre o Chá de Boldo foi útil para você? Se sim, não deixe de compartilhar com seus amigos em suas redes sociais.

Leave a Reply