Caroba: males na pele, reumatismo e sífilis estão entre seus usos

Ótima para paisagismo, a Caroba é conhecida no meio científico como Jacaranda copaia. Suas flores e porte diferenciado chamam atenção na arborização de ruas. E, mesmo não sendo uma das principais entre as plantas medicinais indicadas por especialistas, possui benefícios.

As propriedades do chá de Caroba, por exemplo, incluem as ações diurética, adstringente, cicatrizante, aperiente, depurativa, emética, tônica, sudorífera e laxante.

O poder medicinal da Caroba está concentrado em suas folhas e cascas do tronco. Nelas, são encontrados taninos, alcaloides e carobina. A composição química da planta pode ser aproveitada em chá, tinturas e extratos, encontrados em lojas de produtos naturais.

Um dos usos mais famosos da infusão de Caroba na medicina caseira é o combate à sífilis. A planta ajudaria o organismo a ficar livre da bactéria causadora da doença contraída por meio de relações sexuais.

Atribui-se à Caroba a melhora do reumatismo e da artrose. O motivo é que a casca da árvore possui substâncias conhecidas como antirreumáticas.

Veja outras propriedades e indicações do chá de Caroba, segundo tradições populares:

  • Cicatrização de feridas, impingem, combate à urticária e afecções na pele
  • Depuração do sangue
  • Efeito laxante – ideal para que sofre de prisão de ventre
  • Tratamento de males que necessitem de mais suor (ação sudorífera) para recuperação do paciente
  • Pode ajudar em alguns casos de úlcera
  • Auxiliar na redução do colesterol

A função depurativa é importante para nós porque permite eliminar toxinas presentes em nosso corpo, favorecendo sua purificação e beneficiando a saúde de forma geral. A árvore é apontada como aliada neste sentido por causa de componentes encontrados em suas folhas.

O chá de Caroba pode ser aproveitado tanto na pele quanto no combate a problemas de garganta, sendo utilizado em compressas ou gargarejo, respectivamente. Outra possibilidade é preparar banhos com cascas e folhas, para problemas na epiderme ou alívio de dores.

Para as compressas, o chá de Caroba é aplicado com ajuda de um pano, pressionando levemente o local afetado. Em alguns casos, a mesma receita é utilizada tanto para ingestão quanto para banho ou uso tópico (em feridas).

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui consulta e prescrições médicas. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento.

Caroba: características

Pertencente à família Bignoniaceae, é integrante do gênero Jacaranda (em latim), nome este que dá origem a um de seus apelidos: jacarandá, como é conhecida em estados como o Rio Grande do Sul.

Ela ocorre ainda nos estados de: Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo, além da floresta da bacia do Paraná e, em menor escala, no oeste baiano e matas ciliares da Amazônia.

É chamada também de carobinha-verde, caroba-do-campo, caroba-do-mato, ipê-pardo, ipê de várzea, aipê, cinco-chagas, caroba-de-flor-verde, parapará, ipê verde, caruba, curoba, marupauba, marupá, ipê-mirim, ipê-mandioca, carabussú, simauba falsa, caroba-brava e carobinha.

É uma espécie que prefere solos arenosos e pedregosos, de fácil drenagem. Pioneira, não pode faltar no reflorestamento de locais de preservação permanente.

Como você viu hoje, a Caroba é uma importante espécie no paisagismo e ainda serve de remédio natural. Mas, infelizmente, corre risco de extinção, pois já foi bastante explorada para uso em diversos setores. Por exemplo: extração de madeira do seu caule para carpintaria, construção civil etc.

Na verdade, existem cerca de 49 espécies de jacarandá, variando de tamanho, ou seja, vão de um arbusto a uma árvore muito alta. Quando seu tronco é excepcionalmente longo, a Caroba é fonte de madeira para vassouras, fósforo, caixas e violões. Já sua polpa é empregada na produção de papel.

Fico na torcida para que a planta continue existindo, para nos proporcionar beleza com suas flores arroxeadas e chá rico em propriedades medicinais.

Até o próximo artigo!

Leave a Reply