Calêndula: usos e benefícios

A calêndula é uma planta floral que contém um conjunto de substâncias que a tornam extremamente valiosa no que diz respeito aos tratamentos herbais, ao redor do mundo. A planta é nativa de diferentes regiões da Europa Ocidental, do Mediterrâneo e do sul da Ásia.

Seu consumo diz respeito principalmente às pétulas das flores amarelas da calêndula. Elas podem ser adicionadas em cozidos, chás, saladas e pratos diversos. Além disso, suas folhas e caules podem gerar um poderoso extrato, utilizado para fins diversos.

O extrato inclui basicamente todos os componentes orgânicos da planta, o que faz dele um anti-inflamatório natural, recheado de propriedades antioxidantes.

Benefícios da calêndula para a saúde

Entre os principais benefícios da planta para a saúde, seja através do extrato ou das flores comestíveis, destacam-se:

Ação anti-inflamatória e antibacteriana

Estas são duas ações típicas de ervas benéficas para a saúde, e são especialmente verdadeira nas calêndulas. Seus componentes são capazes de reduzir inchaços, tanto através da prevenção, quanto do combate direto com circunstâncias já identificadas. Além do potencial anti-inflamatório, sua atuação antibacteriana evita infecções em vias internas e externas.

A soma destas duas ações garante toda uma sorte de ganhos para a saúde. Eles podem ir desde a melhoria do trato gastro-intestinal, até a cura de lesões físicas externas.cha-de-calendula1

Capacidade de cicatrização

Um dos usos mais tradicionais da planta é sua capacidade de acelerar a cicatrização da pele de maneira eficiente. A aplicação tópica do óleo ou do extrato sobre machucados, arranhões e hematomas garante uma cura mais rápida da pele. Além disso, é uma ótima opção para tratar picadas de insetos.

Parte destes efeitos ocorre em função de suas propriedades anti-inflamatórias e de prevenção contra infecções. Ao agir sobre os machucados, ela garante que – além de curar rapidamente – os machucados não evoluam para lesões mais graves.

Saúde Bucal

Algumas propriedades antibacterianas da calêndula a tornou uma conhecida aliada da saúde bucal. Não é raro que você encontre as flores como parte de produtos – naturais ou industrializados – destinados para a higiene oral.

Isso inclui pastas de dente, enxaguantes bucais, fio dental e outros tipos de produtos. A utilização ocorre em  função da capacidade antibiótica e anti-inflamatórias da planta.

Melhora a aparência da pele

Além de estimular a cicatrização da pele, o óleo de calêndula pode melhorar consideravelmente a sua aparência. Isso ocorre em função da sua capacidade de afetar o fluxo sanguíneo que passa pelas células. Desta forma, ela garante mais frequência de sua ação antioxidante. Sobre a pele, as propriedades antioxidantes evitam os efeitos da idade, como rugas, ressecamentos e vincos, de forma geral.

Por isso, se você deseja uma pele suave, macia e com aparência saudável, adicionar estas flores – ou chás e extratos – em sua rotina pode ser uma ótima ideia.

Saúde dos olhos

De acordo com pesquisas recentes, a presença de antioxidantes da calêndula é capaz de atuar diretamente sobre a saúde dos olhos. Ela garante prevenção dos órgãos contra doenças degenerativas, como catarata e glaucoma.

Prevenção contra o câncer

Uma atuação típica de plantas ricas em antioxidantes é a capacidade de prevenir o câncer. Antioxidantes são capazes de combater os radicais livres que, entre outros efeitos, geram as mutações celulares responsáveis pelo desenvolvimento de tumores. É o mesmo tipo de agente que promove o envelhecimento e uma série de condições degenerativas no corpo.

Em outras palavras, adicionar a calêndula na dieta é uma forma de garantir um bom suprimento de antioxidantes, evitando expor seu corpo aos efeitos dos radicais livres.

Cuidados e possíveis efeitos colaterais

remedios-caseiros-para-impetigo-1-1-640-427

Embora não seja comum, é possível o desenvolvimento de reações alérgicas ao consumo da calêndula. Isso é especialmente verdade na utilização de altas concentrações de seu óleo essencial.

Por isso, é recomendado que as primeiras utilizações sejam feitas com doses moderadas para testar se seu corpo reage positivamente ao produto.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *