Urtiga: usos e benefícios para a saúde

Se você já pisou ou segurou um urtiga, suas lembranças certamente não são das melhores. A sensação de queima e de dor são difíceis de esquecer. Por isso, geralmente associamos as urtigas a algo ruim.

Ironicamente, a urtiga também pode ser muito benéfica para a saúde, se bem utilizada. Parece improvável? Então confira sua utilização e seus benefícios para saúde, e saiba como beneficiar-se e esquecer os traumas de infância:

Os diferentes usos da urtiga

Urtigas estão entre aquelas piadas da natureza que, ao mesmo tempo, machucam, mas curam.  Seu uso data de milênios atrás. Já na idade média, urtigas eram utilizadas como diuréticos e como tratamento para dores nas juntas.

Atualmente, pode-se utilizar a planta para tratar problemas urinários e crescimentos anormais na próstata. Suas folhas são utilizadas para tratar dores e alergias diversas. Seus usos podem incluir chás, óleos e consumo das folhas secas.

Benefícios do chá de urtiga para a saúde

urtiga-magdalena-kucova

O chá de urtiga é a aplicação mais conhecida da planta para tratamentos de saúde. Ele atua diretamente sobre o funcionamento dos rins. Trata-se de uma planta diurética, o que estimula o corpo a urina, removendo o ácido úrico presente no organismo. Por isso, o chá é muito associado ao tratamento de condições como artrite e a gota.

Além de estimular a atividade dos rins, a quantidade de nutrientes e componentes da urtiga a torna uma das ervas mais nutritivas – especialmente entre o grupo de ervas fáceis de serem encontradas, que são muito acessíveis.

Entre estes componentes, uma enorme quantidade de flavonoides, carotenoides, vitaminas e minerais. Entre as vitaminas, destacam-se a C, a K1 e diversas vitaminas do grupo B. Apenas dez gramas de urtiga carregam, ainda, 290 miligramas de cálcio e quase 90 de magnésio. Na comparação entre estes nutrientes, ela é muito mais nutritiva, por exemplo, do que um espinafre.

Uma xícara de chá de urtiga todos os dias, garante – além do bom funcionamento dos rins – uma alimentação mais saudável.

Benefícios da urtiga para a saúde

Entre os principais benefícios que são atribuídos às urtigas no corpo, alguns já são utilizados desde os tempos medievais. Um destes exemplos é a utilização do chá de urtiga para tratamento de alergias – em especial, da rinite.

Alguns estudos mais atuais, por sua vez, demonstram efeitos positivos da urtiga no tratamento do crescimento da próstata. Estes efeitos são observados em momentos pré-cancerígenos. Sabe-se, também, que seu consumo auxilia a diminuir a alta pressão sanguínea.

A urtiga também é associada a atuações hormonais. Neste aspecto, costuma-se ligar seus benefícios ao tratamento de diabetes, à perda de peso, e à manutenção de testosterona no organismo, com a idade.

Sua associação com os rins também a torna importante aliada contra a artrite, a gota e diversos edemas. Pode-se dizer o mesmo a respeito de sua ação, mais moderada, como um anti-inflamatório.

Por última, as urtigas possuem uma forte ação contra bactérias e fungos. Isso é útil para o trato digestivo e infecções variadas.

Cuidados e efeitos colaterais

urtiga-branca1

Há poucos efeitos colaterais nocivos para a saúde, no que diz respeito ao consumo da urtiga, em qualquer uma de suas formas. Sabe-se, no entanto, que há ações mais relevantes no corpo feminino que devem ser observadas com cuidado.

A consumo excessivo da planta pode gerar alterações no ciclo menstrual. Além disso, a erva é contra-indicada para mulheres grávidas, pois pode influir nas chances de aborto.

Além disso, em função de sua atuação sobre os rins e hormônios, pessoas que já apresentem doenças ou consumam medicamentos relacionados a estas questões, devem consultar um médico antes de consumir a planta regularmente.

Embora seja bastante raro, ainda é possível que você tenha algum tipo de alergia a urtigas. Por isso, é necessário começar o consumo em doses pequenas, apenas por uma questão de segurança.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *