Sucupira: usos e benefícios

A sucupira é uma planta mais conhecida por seu chá, geralmente utilizado para fins ortopédicos. É especialmente conhecida por tratar problemas como artrite, artrose, hérnias e outras condições do tipo.

Para os chás, pode-se utilizar as sementes diretamente. Para quem prefere uma opção mais prática, pode-se recorrer às cápsulas com o extrato da planta, que podem ser consumidas duas vezes ao dia, incorporando-a à dieta.

Saiba mais como aproveitar-se dos benefícios da sucupira, como fazer seu chá, quais são seus efeitos sobre o corpo:

Propriedades do chá de sucupira e como fazer

O chá de sucupira é amplamente conhecido por seus efeitos medicinais, e utilizado há séculos por populações nativas. Suas principais utilizações dizem respeito ao tratamento ortopédico de doenças dolorosas, ou relacionadas a inchaços, em função de suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

Recomenda-se que sua utilização seja sempre complementar ao tratamento clínico destas condições. O ideal é que seu consumo diário sirva como uma forma de aliviar os sintomas causados pela condição de saúde.

Para fazer o chá da planta, a opção mais eficiente é utilizar as sementes da planta. Para isso, compre-as inteiras e utilize um martelo ou algum tipo de pilão para amassá-las. Quando as sementes soltarem uma espécie de resina, você pode misturá-las em água fervente, deixando que interaja por alguns minutos.

beneficios-do-cha-de-sucupira

Benefícios para a saúde

Para fins de pesquisa de efeito, vale ressaltar que trataremos os benefícios do chá e do extrato de sucupira da mesma forma. Na prática, eles são essencialmente os mesmos, com diferenças básicas de concentração, facilidade de uso e preço. Neste aspecto, a melhor escolha é a que for mais cômoda para sua rotina e para seu bolso.

Entre os principais benefícios para a saúde atribuídos à sucupira, destacam-se:

Propriedades anti-inflamatórias: um dos principais segredos para a redução de dores gerada pela sucupira está na sua capacidade de desinflamar. Ela elimina toxinas, auxilia na recuperação dos tecidos danificados e diminui os inchaços.

Potencial antisséptico: quando uma erva possui efeito anti-inflamatório, é comum que também tenha potencial antibiótico. Esta erva, possui capacidade especialmente eficaz contra bactérias, o que diminui os riscos de infecção em diversos tipos de lesão.

Capacidade analgésica: combater inflamações e reduzir inchaços, por si só, já costumam aliviar diversos tipos de dores. No caso da sucupira, há uma atuação anestésica específica que alivia dores de forma mais ativa. É isso que a torna tão útil no tratamento de sintomas de condições que geram dor constante.

Tratamento de condições nas articulações: o efeito desta erva é especialmente útil para quem sofre de artrite, reumatismo, artrose e outras condições do tipo. Elas geram inchaços nas juntas, que acabam gerando dores crônicas. A sucupira evita inflamações e a ainda oferece efeito analgésico. Em outras palavras, trata a dor e a causa da dor, o que a torna uma grande aliada de quem sofre destas condições.

42009158

Cuidados e possíveis efeitos colaterais

Não há grandes efeitos colaterais a serem considerados a respeito da ingestão moderada de sucupira na dieta. Recomenda-se alguns cuidados básicos, como não exagerar na dosagem, evitar sua interação com medicamentos sem o acompanhamento médico e etc.

Deve-se, também, evitar seu consumo enquanto gestante ou lactante, em função do desconhecimento a respeito de possíveis efeitos.

Veja também:

Leave a Reply