Saia-branca: bela, medicinal e… perigosa. Veja como

Saia-branca é o apelido da bela e peculiar Datura suaveolens, uma planta medicinal que pode ser utilizada até no tratamento dos sintomas do Mal de Parkinson. No entanto, possui ação anestésica perigosa. Quer saber mais? Vem comigo!

Seu potencial decorativo é enorme, graças a flores grandes e brancas que lembram saias delicadas, pendentes, nascidas em arbusto com mais de 2,5 metros de altura. Sem falar no perfume da Saia-branca…

Originária da América do Sul, ela é encontrada na flora brasileira. O visual encantador não é o único atrativo dela, que é capaz de provocar vários efeitos em nosso organismo – dos benefícios aos riscos.

O perigo está exatamente no potencial anestésico dela, que pode levar à perda de consciência. Você já ouviu falar em uma droga chamada “boa noite cinderela”? Pois a Saia-branca é considerada a versão natural dela.

Uma característica que faz o Ministério da Saúde e a Anvisa determinarem que a planta seja utilizada somente com indicação ou receita médica. É preciso recorrer a ela com mais responsabilidade e cuidado, pois, além das substâncias benéficas, contém toxinas.

Ou seja, essa espécie que pode ser remédio alternativo antiasmático, dilatador, anticonvulsante, cardiotônico e emético, possui toxidade e ação narcótica.

E como aqui a gente sempre faz aquela advertência de consultar um especialista em medicina natural e seu médico antes de fazer qualquer tratamento, no caso da Saia-branca, a recomendação é ainda mais forte.

Mas é claro que a função analgésica não é a única. Desde a antiguidade, a planta é aproveitada por diversos povos, e até religiões e seitas. Seus benefícios incluem prevenir, aliviar e/ou combater diversas doenças. Entre elas, as respiratórias e cardíacas; enfermidades na circulação do sangue; convulsões.

A capacidade antiasmática da Saia-branca, por exemplo, é confirmada cientificamente. Os chás e infusões de suas folhas são capazes de favorecer a respiração e aliviar possíveis fatores que agem nas crises. Geralmente, o tratamento com a planta é recomendado em casos graves de asma, e sempre com supervisão médica.

O potencial medicinal da Saia-branca ocorre especialmente graças a três substâncias: atropina, escopolamina e hiosciamina. No caso da asma, o brônquio é contraído, inibindo a entrada de ar nos pulmões.

Graças a estes elementos, as crises são combatidas porque eles impedem as terminações nervosas e, ao mesmo tempo, atuam como antiespasmódico, relaxando a musculatura.

Saia-branca: mais usos, efeitos colaterais e recomendações

A Saia-branca pode ajudar a melhorar o sistema cardíaco, particularmente quando o problema é ligado ao sistema nervoso, além de Mal de Parkinson, tensão pré-menstrual irregular, espasmos musculares, cãibras nervosas, coágulos sanguíneos, infecção urinária, entre outras condições.

A perda da consciência é um dos efeitos colaterais da planta, que jamais deve ser usada para tratar insônia. Em excesso, sua ingestão pode causar ainda: vômito, alucinação, vertigem, hipertermia; aumento da frequência cardíaca, dilatação das pupilas, vermelhidão no rosto; agitação, paranoia, ressecamento de olhos, boca e pele.

A planta é contraindicada para gestantes e lactantes, já que suas toxinas e propriedades podem ser transmitidas para a criança, que não dispõe de condições fisiológicas para ficar livre delas.

Pessoas com histórico de doença mental ou em tratamento de depressão, paranoia e esquizofrenia não devem consumir Saia-branca. A proibição vale para crianças com menos de 12 anos também.

Como você viu hoje, a Saia-branca, embora ofereça diversas possibilidades terapêuticas, não deve ser usada indiscriminadamente, e sim com bastante moderação.

Quando ingerida em excesso, é capaz de provocar perda consciência, alucinação, delírio, coma e até a morte. Por isso, seu consumo é controlado pelo Ministério da Saúde.

Que tal usufruir dos encantos decorativos da Datura suaveolens para enfeitar os ambientes e ainda deixar um perfume gostoso no ar? As outras funções, se forem necessárias, você aproveita com auxílio de profissionais capacitados e experientes.

Cuide-se!
Até a próxima…

Leave a Reply