Plantas para paisagismo: crie seu lindo espaço verde com estas dicas

Escolher as plantas para paisagismo depende de fatores como as cores delas e o efeito desejado para o ambiente. Por exemplo: rosa vermelha, alpínia e dracena vermelha proporcionam vitalidade. Quer saber mais? Vem comigo!

Um jardim na tonalidade amarela fica mais alegre, convidativo. Então, vale a pena apostar em hemerocallis e narciso. Esta última, que aparece aqui na foto do post, é majestosa, lembra a orquídea; juntamente com as tulipas, faz parte do grupo de passou por melhoramento genético considerável.

Narcisos podem ser plantados em maciços, vasos ou bordaduras, servindo muito bem aos projetos de jardins em estilo europeu.

Porém, nem sempre têm boa adaptação ao clima brasileiro, sendo mais propensos às regiões frias do Sul do país. Os bulbos precisam de um tempo de descanso que baixa temperatura. As espécies encontradas em regiões quentes do Brasil, geralmente, são importadas.

Outro detalhe importante na composição de um conjunto harmonioso de plantas para paisagismo é inserir tons brancos e verdes. Com jasmim, murta, guaiambé, lírio-do-brejo e ligustro, a área pode ficar mais equilibrada – e bonita!

 

 

Aliás, falando em harmonia, aproveito para fazer uma pequena explicação sobre o conceito de paisagismo. Uma de suas principais ideias é, justamente, harmonizar a relação entre natureza e homem, você sabia? Ou seja, a técnica consiste em proporcionar espaços atraentes e funcionais, aproximando os moradores do meio ambiente.

Quando o assunto é plantas para paisagismo, também é bom considerar se você precisa de espécies para colocar dentro de casa, cobrir pérgolas, pendurar ou criar maciços.

Se a ideia é pendurar, por exemplo, nada melhor do que variedades como samambaias, tostão, renda-portuguesa, violeta pendente e peperômia. São fáceis de manter e ficam ótimas em painéis verticais ou vasos. Com cinco horas de sol por dia e regas em dias alternados, elas ficam incríveis!

Plantas para paisagismo: mais sugestões imperdíveis

As plantas para paisagismo pedem cores, claro! Basta um jardim florido para ter um clima totalmente diferente, inspirando e proporcionando sensação de bem-estar. Então, invista em tons diferentes para obter um efeito alegre e atrativo visualmente.

Para quem tem o privilégio de ter um lago por perto, a sugestão é apostar nas espécies aquáticas. Sim, existem algumas plantas para paisagismo especificamente de água. Elas dão um toque diferenciado à decoração no local em que estão e em todo o entorno.

Exemplos de plantas para paisagismo aquáticas: salgueiro-chorão, aguapé, marrequinha salvínia, ninfeia vermelha e alface d´água. A marrequinha pode enfeitar fontes de jardins, pois cresce pouco (até uns 15 cm) e toma conta do espaço facilmente, com uma vantagem extra: tem ação despoluidora.

O bacana também é definir seu estilo. Que tal montar um projeto próprio e autêntico, com sua personalidade? Fontes, estátuas, flores, espelhos d´água e plantas frutíferas formam um belo jardim italiano. Neste caso, as plantas para paisagismo mais recomendadas são: azaleia, bruxinho, roseira, limoeiro, viburno e laranjeira.

Para quem vive em clima tropical ou subtropical, a natureza é perfeita na indicação do caminho até a casa. Escolha pedras, bancos de madeira, chaise-longue de fibra natural e plantas para paisagismo como bromélias, dracenas, samambaias e palmeiras.

Decorar um jardim é uma tarefa prazerosa, relaxante e revigorante. O contato com a terra e as plantas é, para muitos, uma verdadeira terapia. Busque referências, profissionais capacitados e tenha os cuidados necessários para lidar com os organismos vivos da melhor forma.

Lembrando que é preciso fazer manutenções, cuidar das folhas secas, podar, retirar bichinhos que podem querer morar nas suas plantas para paisagismo, entre outros cuidados.

Agora é colocar as ideias em prática! Espero que as sugestões de hoje sobre plantas para paisagismo possam deixar seus espaços ainda mais agradáveis e encantadores. Tudo com aquele toque de vida que só a natureza pode oferecer… Ah! Mas fique atento para não usar plantas tóxicas, ok?

Até o próximo artigo!

Leave a Reply