Picão-preto combate icterícia, inflamação e inchaço; saiba mais

O chá de Picão-preto é usado principalmente, segundo a medicina popular, para combater inchaço e obter benefícios antioxidantes. Com nome científico Bidens pilosa, a planta possui outras propriedades. Saiba tudo no artigo de hoje!

A erva, que é encontrada facilmente na África, Caribe, América do Sul e Filipinas, conta ainda com ações antisséptica, anti-inflamatória, antidiabética, antiespasmódica e hepatoprotetora.

Esta última ação, a de colaborar com a proteção ao fígado, quer dizer que o vegetal é capaz de agir na desintoxicação e equilíbrio do órgão, favorecendo sua saúde.

O Picão-preto pode ser comprado em feiras livres, alguns mercados e lojas de produtos naturais. Sua propriedade anti-inflamatória faz com que seja considerado excelente remédio caseiro para tratamento de problemas como dor de garganta, artrite e dor muscular.

Já a finalidade antioxidante da Bidens pilosa é famosa no combate aos efeitos dos radicais livres em nosso organismo. Alimentos e bebidas com esta propriedade são importantes na prevenção de doenças (incluindo o câncer) e do envelhecimento precoce.

Outra possibilidade do Picão-preto é a redução do inchaço, uma vez que a erva possui efeito diurético, isto é, auxilia na eliminação de líquidos e impurezas através da urina. Com isso, permite melhorar tanto o funcionamento quanto o aspecto do corpo.

Só não vale exagerar no consumo de chá de Picão-preto para não correr o risco de ficar desidratado. Aliás, a dica serve para outras bebidas diuréticas também, combinado?

Existe uma versão concentrada do chá de Picão que pode ser utilizada nas irritações provocadas por picadas de insetos e assaduras. Na forma de compressa, o líquido também é empregado popularmente em úlceras de pele e hemorroidas.

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui consulta e prescrições médicas. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento. 

Gestantes e pessoas alérgicas ou sensíveis à cafeína não devem consumir Picão-preto.

Picão-preto: mais usos populares e outras informações

Os apelidos do Picão-preto incluem: carrapicho, guambu, carrapicho agulha, pica-pica, carrapicho picão, amor de mulher, erva-picão, gariofilata, piolho-de-padre e macela-do-campo.

Há quem recorra à erva-picão para cuidar da saúde respiratória, porque ela pode auxiliar na limpeza dos seios nasais, das vias aéreas congestionadas e, ainda, no controle da tosse persistente após uma gripe. Pensa que acabou? Não! Conheça mais indicações caseiras terapêuticas do Picão-preto:

  • Alergias
  • Amidalite
  • Asma
  • Boca amarga
  • Bronquite
  • Catarro
  • Cólica menstrual
  • Controle dos níveis de açúcar no sangue
  • Dor de estômago
  • Dor nos rins
  • Faringite
  • Gastroenterite
  • Hepatite
  • Indigestão
  • Infecção urinária ou vaginal
  • Intoxicação alimentar
  • Problemas no pâncreas
  • Reumatismo
  • Úlceras gastroduodenais

Além disso, a erva que dá origem ao chá é um medicamento natural que pode faz parte do tratamento da icterícia, sendo regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Lembrando que a icterícia é uma condição causada pelo aumento de bilirrubina, fazendo com que ocorra uma coloração amarelada na pele, olhos ou mucosas.

Finalizando…

Picão-preto é uma planta pequena tratada geralmente como praga. Com caule verde-escuro e folhas mais claras, normalmente cresce em locais quentes da América do Sul. Por esse motivo, é comum no Brasil, principalmente em jardins limpos, sem agrotóxicos, e longe das ruas.

Muitos conhecem a espécie porque suas sementes grudam nas roupas ao passar por elas. Mas, antes de aproveitar os benefícios das plantas medicinais, é fundamental conhecer bem o que será utilizado, para não colocar a saúde em perigo.

A variedade tem longa história de aplicações medicinais entre nativos do Amazonas e localidades próximas. Hoje, você conheceu algumas delas. Espero que este post possa ajudar você a ter mais qualidade de vida e bem-estar! Sempre contanto com supervisão especializada, certo?

Até a próxima…

Leave a Reply