Oliveira: usos e benefícios

A oliveira é responsável por uma série de produtos benéficos para a saúde. Em geral, associamos à árvore aos benefícios das azeitonas ou do azeite de oliva. No entanto, a própria oliveira, através de suas folhas, é capaz de gerar uma série de benefícios para a saúde.

Uma série de estudos demonstram que estes aspectos positivos são aproveitados há séculos. A infusão com as folhas de oliva possuem propriedades extraordinárias para a melhoria da saúde.

O grande segredo está nos fitoquímicos da oliveira, que são substâncias químicas encontradas em plantas. Entre eles, antioxidantes e outras substâncias que protegem o corpo e auxiliam no combate a diferentes doenças

Confira quais são os efeitos e benefícios da oliveira para o sua saúde:

Fortalecimento e construção dos ossos

Em um estudo espanhol, publicado em 2011, descobriu-se que as substâncias contidas na folha da oliveira estimulam a produção de célulasque constroem ossos. Isso previne a perda de densidade óssea, combatendo a osteoporose.

Propriedades antivirais e antibacterianas

cha-oliveira-620x330

Outra substância química presente nas folhas da árvore é torna sua utilização especialmente eficiente no combate a diversos micro-organismo que instalam-se no corpo. Entre eles, bactérias e vírus que podem acarretar em diferentes doenças e riscos para a saúde.

Os componentes das folhas são capazes de inibir a ação dos vírus e bactérias de atuarem sobre o corpo. Desta forma, previnem sua reprodução e multiplicação, que é o meio através do qual ele manifesta-se no organismo.

Neste sentido, sua ação é ainda mais focada do que a de um antibiótico, pois produz menos efeitos colaterais. Enquanto o antibiótico ataca toda uma gama de organismo pelo corpo, a oliveira oferece uma atuação muito mais específica.

Efeito antioxidante

As folhas da árvore são extremamente ricas em antioxidantes. Se você gosta do assunto, já deve saber que antioxidantes são essenciais para o combate a radicais livres. Os radicais livres, por sua vez, são agentes capazes de atacar o DNA da células, gerando mutações e promovendo o envelhecimento e diversas doenças degenerativas de forma mais acelerada.

Propriedades anti-inflamatórias

Uma das formas de utilização mais comuns da folha da árvore é a promoção da cicatrização e da cura de diversas infecções no corpo. Somando-se a atividade antibacteriana e a capacidade anti-inflamatórias, a oliveira é uma opção bastante eficiente para evitar problemas mais graves por inflamações e infecções no corpo.

Controle da pressão sanguínea

Há algum tempo, descobriu-se que as substâncias contidas nas folhas da planta possuem o potencial de gerar relaxamento dos vasos sanguíneos, assim como diminuir a pressão do sangue e prevenir a formação de coágulos. Soma-se a isso, a inibição de batidas irregulares do coração, assim como a melhoria do fluxo sanguíneo nas artérias coronárias.

Combate ao colesterol

A presença de antioxidantes nas folhas também atua diretamente sobre as taxas de colesterol no corpo. Eles são capazes de prevenir a oxidação, diminuindo a formação do colesterol “ruim”, o LDL. Este é o tipo de colesterol que aumenta os riscos de doenças cardíacas e circulatórias.

Prevenção contra gripes e resfriados

Acredita-se que uma ou duas xícaras diárias de chá de oliveira auxiliem fortemente no combate a diversos tipos de vírus. Sabe-se, em especial, que o combate à gripe é bastante eficaz, neste caso. Alguns estudos ainda incipientes indicam, também, potencial de prevenção contra a herpes.

Cuidados e possíveis efeitos colaterais

o-poder-do-cha-de-folha-de-oliveira

A utilização da folha de oliveira – seja em chás ou em extratos suplementares – costuma ser bastante segura. Há no entanto, circunstâncias que merecem atenção especial de quem recorre à planta.

Sabe-se, por exemplo, que seus componentes interferem com alguns remédios da quimioterapia. Nestes casos, deve-se evitar o consumo do produto. Além disso, pessoas com pressão sanguínea muito baixa devem tomar cuidado para que o consumo de oliveira não leve a pressão a patamares excessivamente baixos.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *