Moringa: usos e benefícios da Acácia Branca

A moringa, também chamada de acácia branca, é uma planta que recebeu enorme atenção recentemente. Na última década, ela passou a ser considerada um “superalimento” em função de seu perfil nutritivo e propriedades anti-inflamatória, antioxidante e protetiva.

Trata-se de uma pequena árvore nativa de regiões da Índia, do Paquistão e do Nepal. Nestes países – em especial na medicina ayurvédica – sua utilização já contabiliza diversas gerações. Por lá, a moringa é utilizada para tratamento e prevenção de condições como diabetes, doenças cardíacas, anemia, artrite, doenças de fígado e do trato respiratório, problemas de pele e desordens do trato digestivo.

A moringa tornou-se popular no resto do mundo como um suplemento de sua folha oferecida em pó. Pode-se, no entanto, recorrer à raiz, às flores, sementes e frutos secos, caso você prefira variações. Estes formatos podem ser mais difíceis de serem encontrados, mas oferecem variabilidade em relação ao consumo deste superalimento.

Na prática, os benefícios para a saúde – em qualquer que seja a forma de consumo – são muito semelhantes. Por isso, mais importante do que encontrar o formato desejado, é incluir a moringa em sua dieta. Confira os motivos pelos quais você deve fazer isso o quanto antes:

É rica em nutrientes

A moringa é rica em vitaminas, minerais e amino-ácidos. Em especial, destaca-se a concentração de vitaminas A, C e E, cálcio, potássio e proteínas de alta complexidade. Por isso, começar o dia com uma boa xícara de chá pode ser uma ótima ideia, no aspecto nutritivo.

img_como_preparar_cha_de_moringa_18710_orig

Combate radicais livres

Uma característica comum dos alimentos que a mídia entende como “superalimentos”, é a presença alta de antioxidantes. Antioxidantes são capazes de combater os radicais livres: moléculas instáveis, que geram oxidação, mutações celulares e inflamações.

A moringa possui alta concentração da flavonoides e polifenóis em suas folhas, flores e sementes. Tratam-se dos tipois mais versáteis de antioxidantes que podem ser encontrados. Sabe-se que as folhas possuem a maior concentração de antioxidantes na planta – o que torna uma xícara de chá especialmente benéfica para a saúde.

Combate a inflamação

A inflamação pode resultar em diversas doenças crônicas, como diabetes, problemas respiratórios, cardiovasculares, artrite e obesidade. A utilização de moringa, por sua vez, pode reduzir os níveis de inflamação ao suprimir as enzimas que geram a condição no corpo. Desta forma, ela combate todas estas condição atacando diretamente a sua causa.

Redução dos sintomas da diabetes

Embora não seja capaz de curar a diabetes propriamente dita, a folha desta planta possui uma ação eficiente para reduzir os níveis de lipídio e glicose no sangue. Em outras palavras, isso significa menores níveis de açúcar e colesterol no sangue, o que diminui os efeitos prejudiciais da diabetes no organismo.

Proteção do sistema cardiovascular

A folha da moringa possui efeitos benéficos, também, para o coração. Como já mencionado, sua capacidade de controlar o lipídio no sangue previne a formação de placas nas artérias, reduzindo os níveis de colesterol.

Proteção para o fígado

A moringa possui uma alta concentração de polifenóis em suas folhas e flores. Este componente atua diretamente na proteção contra oxidação, toxicidade e danos no órgão.

Mais do que proteger, a substância é capaz de reverter efeitos da oxidação a longo prazo, além de reduzir os danos e o risco de fibrose. Além disso, seu óleo é capaz de restaurar níveis normais de enzimas  no órgão.

Propriedades antimicrobianas e antibacterianas

Outro grande benefício da planta, que muitas vezes é negligenciado, é sua capacidade de combater bactérias e fungos. Trata-se de uma capacidade muito poderosa de evitar infecções – especialmente na pele, no trato digestivo e no trato urinário.

moringa-oleifera-481072_954x375

Acelera o processo de cicatrização

Outro benefício pouco comentado é o estímulo à coagulação do sangue causado pela planta. Isso significa que um preparo com moringa para aplicação tópica diretamente sobre um machucado acelera o processo de cicatrização. Em adição à diminuição dos riscos de infecção, isso gera ganhos especialmente relevantes.

Veja também:

Leave a Reply