Konjac: planta medicinal e “miojo milagroso” para emagrecer

Amorphophallus konjac ou, simplesmente, Konjac é uma planta usada como erva medicinal e suplemento para inibir o apetite. Descubra a partir de agora as propriedades e os benefícios atribuídos a ela. Vamos lá!

Além de ajudar em programas de emagrecimento, a Konjac é associada à diminuição do colesterol ruim (LDL) e ao alívio da prisão de ventre; à redução da taxa de açúcar no sangue, eliminação de toxinas do organismo e limpeza gastrointestinal.

Na internet, é possível encontrar ainda referência a estudos feitos em laboratório com ratos, nos quais a eficácia da planta teria sido comprovada na prevenção de tumores nos pulmões.

A raiz de Amorphophallus konjac contém uma fibra não digerível chamada glucomanano. Ela é capaz de absorver até 100 vezes seu volume em água, criando uma massa de aspecto gelatinoso que preenche o estômago, auxiliando no controle do apetite e favorecendo o trânsito intestinal.

Oriunda do Japão, China e Indonésia, a Konjac pode ser útil em condições como obesidade e constipação, uma vez que percorre o aparelho digestivo estimulando o peristaltismo e atuando como um laxante natural.

A planta também é fonte de vitaminas, aminoácidos essenciais, ácidos graxos poli-insaturados e minerais, tais como ferro, fosforo, selênio, potássio e cálcio. Por isso, é empregada ainda na suplementação deste último.

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui consulta e prescrições médicas. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento.

Em relação aos efeitos adversos e contraindicações, a planta Konjac pode provocar diarreia, gases, dor no abdômen, asfixia e bloqueio do sistema digestivo (quando há excesso de ingestão de água junto com a erva).

E mais: é aconselhável que especialmente os diabéticos consultem um médico antes de começar a consumir Konjac, pois ela pode causar hipoglicemia grave.

Konjac: formas de consumo e outras dicas

A forma mais comum de consumo de Konjac é em cápsulas – geralmente duas com um copo de água 30 minutos antes das principais refeições, e durante no mínimo um mês. O preço médio é R$30,00 para um caixa com 60 cápsulas.

Mas é importante, no caso de estar tomando outro remédio, fazer um intervalo de 2 horas, já que a planta pode dificultar a absorção. O melhor mesmo é ter acompanhamento adequado ao fazer qualquer tratamento, inclusive com plantas medicinais, ok?

Além das cápsulas, existe Konjac suplemento dietético e até em flocos secos, sendo estes feitos para serem misturados com outros produtos alimentícios.

Amorphophallus konjac também é encontrada em forma de macarrão instantâneo, recebendo o apelido de “miojo milagroso”. Esta versão pode substituir o macarrão em diversos preparos. E seu preço varia de R$40,00 a R$300,00, aproximadamente. Ou seja, bem mais salgado do que o valor do tipo popular no qual seu nome foi inspirado, não é?

Apesar do preço, o “Konjac macarrão” é procurado por quem está fazendo dieta para tentar diminuir o consumo de carboidratos. Para isso, basta adicionar o produto às receitas tradicionais. Simples assim…

O sucesso do “miojo milagroso” começou por volta de 2012, quando a chef Nigella Lawson disse ter eliminado uns quilinhos graças ao alimento. De lá pra cá, o que não falta é celebridade internacional e brasileira afirmando ser fã da massinha de Konjac.

Tudo indica que ela possui realmente poucas calorias: 18 kcal para cada 200g. Mas não custa nada lembrar que a planta Konjac, seja qual for o formato, não é suficiente para emagrecer. É preciso investir em alimentação equilibrada (não esquecer os demais grupos alimentares) e atividades físicas regulares.

Espero que você possa utilizar este conteúdo da melhor maneira possível: cuidando da sua saúde!

Até a próxima…

Leave a Reply