Cura tombo ou arnica do mato: bela, resistente e medicinal; veja usos

Wedelia paludosa, arnica do mato ou, simplesmente, cura tombo. Este apelido já dá uma amostra do que vem no artigo de hoje, certo? Então, não perca os próximos parágrafos para descobrir muito mais!

As principais indicações da erva na medicina caseira são aquelas situações nas quais ocorrem traumatismos, machucados, hematomas, ferimentos, golpes. Na forma de tintura, costuma ser empregada ainda em trombose, coqueluche, derrame de sangue e nevralgias.

Seu uso popular também considera a planta útil em dores neurogênicas e inflamatórias, afecções do trato respiratório, infecções bacterianas candidíase vaginal e convulsões.

No Rio Grande do Sul, a infusão das folhas de Cura tombo é remédio natural para diabetes. O chá abafado é feito geralmente com 1 colher (sobremesa) das folhas desta erva em 1 xícara de água quente.

As propriedades terapêuticas atribuídas à planta incluem as ações antiálgica, antinevrálgica, antianêmica, antinociceptiva, antidisúrica, anti-inflamatória, antirreumática, febrífuga e tripanossomicida, entre outras.

Na medicina Ayurvédica, uma espécie de Cura tombo chamada Wedelia calendulaceae é utilizada para combater diarreia, dor de cabeça e disfunções hepáticas.

Para isso, a erva conta com substâncias químicas como luteolina, ácido caurenóico, esteroides, chalcona coreopsina, ácido ent-16β-hidroxi-cauran-19-óico, terpenóides friedelan-3β-ol; ésteres derivados do ácido oleanóico, ácido grandiflorênico estigmasterol, glicosídeos de estigmasterol e sitosterol. Eles são encontrados nas folhas, flores e raízes.

Normalmente, a parte aérea da erva é empregada na produção de produtos para uso externo. Claro que as sugestões aqui descritas são resultantes de pesquisas na web, sendo que o ideal é buscar auxílio adequado antes de ingerir chás ou passar produtos na pele.

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui consulta e prescrições médicas. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento.

Importante: há indícios, pelo uso medicinal caseiro, de que é necessário cautela no consumo de Cura tombo entre os que usam medicamentos para diabetes.

Na web, existe relato de sangramento no reto depois do uso de composto feito com Cura tombo em casa. E menção a uma pesquisa feita em laboratório na qual teria sido demonstrada “atividade citotóxica de seu extrato hidrometanônico”.

Cura tombo: características

Nativa do litoral brasileiro, a Cura tombo é um tipo vistoso e rústico de margarida . Apresenta ramagem rasteira e folhas na tonalidade verde-escura, formando um belo contraste com as pequenas inflorescências totalmente amarelas.

Como acontece com outras da família Asteraceae, suas flores surgem em grande número, durante o ano todo. Devido sua característica rasteira, serve bem como forração, para proteger barrancos e taludes, mas é perfeita para dar vida a canteiros, vasos, bordaduras e jardineiras.

Além de possuir propriedades medicinais, a Cura tombo é uma daquelas plantas fáceis de manter, que acabam conquistando a preferência de quem ama jardinagem ou não dispensa pelo menos um cantinho verde em casa.

A Cura tombo possui os seguintes sinônimos botânicos:

  • Acmella brasiliensis Spreng.
  • Buphthalmum repens Lam.
  • Buphthalmum strigosum Spreng.
  • Complaya trilobata (L.) Strother
  • Seruneum trilobatum (L.) Kuntze
  • Silphium trilobatum L.
  • Sphagneticola trilobata (L.) Pruski
  • Sphagneticola ulei O. Hoffm.
  • Stemmodontia trilobata (L.) Small
  • Thelechitonia trilobata (L.) H. Rob. & Cuatrec.
  • Wedelia brasiliensis (Spreng.) S.F. Blake
  • Wedelia carnosa Rich. ex Pers.
  • Wedelia crenata Rich. ex Pers.
  • Wedelia trilobata (L.) Hitchc.

E tem mais! A lista de apelidos da planta conta com vadélia, margarida, margaridão, vedélia, malmequer, picão-da praia, malmequer-do-brejo e ponta livre.

A vedélia é um exemplo de planta que dá um toque especial ao jardim, principalmente em lugares onde o cultivo é complicado por causa das condições de clima e/ou solo – em regiões muito quentes (praias) ou muito frias, por exemplo.

Que tal aproveitar a beleza rústica da Cura tombo para enfeitar seu ambiente e ainda desfrutar de suas propriedades medicinais? Espero que o post de hoje possa ajudar você a melhorar sua saúde de forma natural e da maneira mais tranquila e eficiente!

Até o próximo artigo com mais dicas…

Leave a Reply