Confrei: age como cicatrizante, analgésico e anti-inflamatório

No meio científico, o Confrei é conhecido como Symphytum officinale. Arbusto pertencente à família das Borragináceas, é encontrado nas farmácias em forma de creme, pomada, óleos compostos e extrato para fins medicinais. A planta oferece benefícios como: capacidade cicatrizante, ação analgésica e poder anti-inflamatório.

Na prática, ela é capaz de ajudar na cicatrização de pequenas feridas na pele, pois suas raízes e folhas trazem um composto químico, o ácido úrico, associado ao favorecimento do crescimento de novas células.

Já os taninos encontrados no Confrei, responsáveis pelo efeito adstringente nos vasos sanguíneos, auxiliam na diminuição de sangramento de lesões na epiderme e, ainda, no controle de hemorragia nasal.

Existem na internet algumas sugestões de receitas medicinais caseiras que têm o Confrei como grande estrela. Uma delas serve para hematomas, queimaduras, cortes, feridas e úlceras varicosas. Ela diz o seguinte:

1. Coloque em um pilão 1 Colher (sopa) de folhas frescas fatiadas ou rizoma de Confrei
2. Acrescente ½ Copo de água
3. Amasse bem a mistura
4. Coe a erva com ajuda de um pano
5. Aplique o líquido na área afetada (previamente limpa) fazendo compressas

No caso de fissuras na mama ou ânus, geralmente são utilizadas 3 Colheres (sopa) de folhas frescas de Confrei e 3 Colheres (sopa) de quiabo verde, ambas as espécies picadas, em ½ litro de água potável. A mistura deve descansar durante uma noite. Depois de coada, é só aplicar a receita com auxílio de algodão, delicadamente, no local afetado.

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui consulta e prescrições médicas. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento.

As propriedades medicinais do Confrei ocorrem porque ele é composto por vitaminas, ácidos (tânico, galo-tânico, pantatênico, fólico, nicotínico e ascórbico), aminoácidos essenciais, amido, carboidratos, caroteno, cálcio, ferro, iodo, manganês, potássio, zinco e proteínas, entre outros elementos.

Confrei: características, aplicações e advertências

Se você ainda não conhece o arbusto, ele apresenta folhas em formato oval que saem praticamente do nível do solo, sendo grandes na base e pequenas na parte de cima da planta.

As flores do Confrei surgem juntas em ramalhetes e possuem cores que variam da violácea à amarelada ou esbranquiçada. Por ser uma herbácea híbrida, mesmo produzindo flores, não há frutos ou sementes.

O Confrei é conhecido também como erva-de-cardeal, confrey, consolda-do-cáucaso, consolda, orelha de vaca, orelha de asno, consolda menor, consolda-maior, capim roxo da Rússia, orelha-de-burro e língua-de-vaca.

É uma pequena touceira originária da Europa e Ásia, tendo chegado por aqui por volta de 1980. Fácil de cultivar, ela adaptou-se bem às condições climáticas brasileiras. Seu maior cuidado é com a irrigação, pois a planta não consegue sobreviver sem água por perto.

Popularmente, o Confrei é utilizado como:

  • Tônico
  • Regenerador celular
  • Laxante
  • Hidratante
  • Depurativo
  • Cicatrizante
  • Calmante
  • Antirreumático
  • Antileucêmico
  • Anti-inflamatório
  • Antidiarreico
  • Antidiabético
  • Anticancerígeno
  • Antiasmático
  • Antianêmico
  • Adstringente

Devido as propriedades acima, há quem recorra ao arbusto para combater:

  • Tosse
  • Sinusite
  • Problemas nos rins
  • Reumatismo
  • Resfriados
  • Queimaduras
  • Psoríase
  • Pressão arterial alterada
  • Picadas de insetos
  • Enfermidades na pele
  • Hepatite
  • Hemorragia pulmonar
  • Hematomas
  • Gastrite
  • Furúnculos
  • Fraturas
  • Fissuras
  • Feridas
  • Febre
  • Dores
  • Deslocamentos
  • Debilidade
  • Cortes
  • Contusão
  • Cefaleias
  • Bronquite
  • Bócio
  • Afecções ósseas
  • Abscessos

No entanto, é preciso tomar cuidado ao utilizar Symphytum officinale, uma vez que o vegetal possui uma substância tóxica para o fígado. Se ingerida, a planta pode provocar, além de hepatotoxicidade, irritação gástrica e até câncer, entre outros efeitos adversos.

Gestantes ou pessoas com câncer não devem utilizar a planta. O uso interno do Confrei não é permitido pelo Ministério da Saúde do Brasil.

Plantas medicinais como o Confrei são utilizadas há muito tempo pela população na busca de cura para condições de saúde diversas, das mais brandas às mais graves. Seus benefícios às vezes são reconhecidos pela ciência, porém, elas também podem trazer reações desagradáveis.

Cuide-se!

Até breve…

Leave a Reply