Chás medicinais: conheça o poder das ervas

Em tempos em que a saúde está sendo tão valorizada, a medicina natural entra com força total. Muitas pessoas estão, finalmente, tomando consciência quanto às consequências das drogas farmacológicas, que estão aderindo cada vez mais aos chás medicinais e todos os tipos de tratamento através da natureza.

Para quem toma essa decisão, a saúde só tem a agradecer. Isso, porque dentre muitos problemas que os farmacológicos oferecem à saúde, o aumento das toxinas acaba liderando essa lista. Além dos efeitos colaterais de risco dos remédios industrializados, eles aumentam potencialmente a toxina em nosso organismo, que é responsável por muitos males.

E se você pensa em conhecer mais sobre esse universo de chás medicinais e seus benefícios à nossa saúde, este artigo é para você.

 

A medicina natural

 

A medicina natural, também conhecida como medicina ancestral, tem como fio condutor o tratamento das doenças através de tudo aquilo que vem da natureza. Uma dessas formas de tratamento é através da fitoterapia, uma das mais antigas práticas terapêuticas da humanidade. Essa terapia se utiliza dos benefícios das plantas, cujas propriedades medicinais geralmente podem ser encontradas em suas raízes, cascas, folhas, flores ou até mesmo no próprio fruto.

Mas engana-se quem duvida dos poderes da medicina natural. A verdade é que muitas plantas usadas medicinalmente têm a sua eficácia comprovada por diversos tipos de estudos. Por conta disso, essa medicina está sendo cada vez mais procurada pelas pessoas que estão deixando os remédios sintéticos de lado.

Essa busca pelo tratamento através das plantas é cada vez maior, devido à melhoria da qualidade de vida das pessoas, e que leva essa nova geração a uma mudança comportamental que intensifica o uso de remédios vindos da natureza.

Uma das formas mais práticas e mais comuns de tratamento, desde a antiguidade até os dias de hoje, é através dos chás medicinais. Esses têm como base o princípio ativo terapêutico das plantas, que é extraído ao passar pelo processo de infusão ou decocção.

 

chás medicinais

 

Os chás medicinais

 

Muitos países, como o Japão, China, Índia e Inglaterra, já têm o consumo do chá como parte de sua cultura. Mas aqui no Brasil não é diferente, visto que as pessoas estão cada vez mais interessadas em fazer do consumo dos chás medicinais um hábito para a boa manutenção da saúde.

Na verdade, o uso de plantas como medicamento em forma de chá é tão antigo quanto o surgimento do homem, uma vez que a natureza sempre existiu. E assim, o homem passou a usar o poder medicinal das plantas para a cura das doenças e enfermidades.

No Brasil, nós recebemos essa herança do conhecimento das plantas medicinais da cultura indígena, cuja sabedoria transcende até os dias de hoje. Além disso, nosso país é riquíssimo em espécies de todo o tipo, cujas plantas são usadas para os mais diversos tipos de tratamento, através do poder dos chás medicinais.

No entanto, é muito importante que se conheça as características de cada planta. Isso, porque algumas delas possuem substâncias tóxicas e até mesmo venenosas. Outro cuidado necessário é conhecer bem os sintomas da doença apresentada, a fim de saber qual a melhor erva usar para o chá.

 

Como preparar os chás medicinais

 

Para você obter todos os benefícios do chá caseiro, é importante você observar as diferentes formas de preparo. Isso é muito importante se você quiser manter as propriedades de cada ingrediente. Os preparos devem ser feitos da seguinte forma:

 

Infusão

Indicado para as partes mais delicadas da planta, como: folhas, flores e caules mais tenros. Para fazer a infusão você deverá ferver a água primeiramente e só depois vertê-la sobre a erva, deixando em repouso por, no mínimo, 10 minutos.

 

Decocção

Indicado para o preparo das partes mais duras da planta, bem como: raízes, cascas e sementes. Para fazer a decocção, a planta deve ser juntada à água para serem cozidas juntas. O tempo de cozimento deverá variar entre 15 a 30 minutos.

 

Maceração

Indicada para plantas que não podem passar pelo processo a quente, pois perdem suas propriedades, geralmente aquelas de gosto amargo. Para fazer a maceração, você deve friccionar a planta triturando-a com o auxílio de um pilão. Depois disso, acrescente a água, álcool ou óleo.

 

As principais plantas usadas para chás medicinais

 

As plantas medicinais são utilizadas para os mais diferentes efeitos, de acordo com suas propriedades. A seguir, conheça as principais plantas usadas para chás medicinais e seus efeitos.

  • alecrim – digestivo e sudorífico
  • alho roxo – anti-inflamatório, bom para compor os chás para gripe
  • arruda – combate a infecção urinária
  • boldo – digestivo e antitóxico
  • camomila – antiespamódica, antinevrálgica, digestiva e calmante
  • capim-santo – tranquilizante e combate a hipertensão
  • capuchinha – ajuda a tratar bronquite e problemas de digestão
  • carrapicho – combate diarreias e problemas renais
  • cavalinha – emagrecedor e diurético
  • cidreira –calmante e combate a diarreia
  • eucalipto – o chá combate a febre e a inalação serve para sinusite e bronquite
  • erva-doce – tranquilizante, antiespasmódico, afrodisíaco e diurético;
  • graviola – combate a diabetes e o câncer
  • guaco – auxilia nos problemas respiratórios e tosse
  • hortelã – é antiespasmódica e combate enxaquecas;
  • louro – combate o reumatismo e nevralgias;
  • malva – ajuda a tratar gripes, resfriados e gastrite
  • manjericão – sedativo da tosse;
  • maracujá – calmante
  • mastruz –anti-inflamatório
  • mulungu – combate a bronquite, asma, febre e problemas hepáticos
  • pitanga (folhas) – antitérmico
  • quebra-pedra – antitóxico e diurético, indicado para a diluição de cálculos renais
  • sálvia – ajuda a limpar o catarro
  • tomilho – antibiótico natural que combate casos de bronquite e gripes
  • unha-de-vaca – combate a diabetes.

 

Se você quiser, você pode conhecer, aqui em nosso site, muitas outras ervas e suas funções, bem como o preparo delas. Conheça o preparo dos chás medicinais aqui.

 

Se você gostou do nosso artigo sobre os Chás Medicinais, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos nas redes sociais. Ele pode ajudar muitas outras pessoas. Até o próximo post!

Leave a Reply