Centella Asiática: usos e benefícios da gotu kola

A centella asiática, também chamada de gotu kola, é uma erva de folhas verdes, utilizada há séculos para propósitos medicinais. É nativa de locais como China, Japão, Indonésia e Índia, e possui um longo histórico de utilização nestas regiões.

Só recentemente a medicina ocidental interessou-se pela utilização da centella asiática, especialmente na Europa e nos EUA. Atualmente, há diversos estudos que atestam sua capacidade de cura, e explicam os mecanismo utilizados pela erva para beneficiar o organismo.

Confira quais são as formas como a centella asiática pode melhorar sua saúde, ou prevenir condições adversas:

Problemas circulatórios

Já se sabe que a centella asiática é capaz de reduzir inchaços e melhorar a circulação sanguínea em indivíduos com problemas nos vasos. Ela é especialmente benéfica para quem sofre de varizes ou insuficiência venal. São condições que causam o acúmulo de sangue pelo corpo, gerando forte desconforto e riscos de hemorragia.

Em um estudo publicado em 2001, descobriu-se que pessoas que sofrem de hipertensão também beneficiam-se da erva. Mais especificamente, ela atua sobre os principais sintomas, como inchaços, dores e cansaço excessivo durante a rotina.

Cicatrização de feridas

A centella asiática é tradicionalmente utilizada, na ásia, para o tratamento de machucados menores. Ela contém substâncias químicas que aceleram a cicatrização, e ainda aumentam a concentração de antioxidantes no local do machucado. Ela fortalece a pele e aumenta o suprimento de sangue no local afetado.

Um estudo publicado em 2006 também demonstrou os efeitos da planta em relação ao tempo de cicatrização e estancamento do corte. Pessoas que tiveram a erva aplicada sobre seus machucados demonstraram tempo de recuperação bastante menor.

como-usar-centella-asiatica-para-emagrecer-1-640-427

Ansiedade

Além da cura de fatores físicos propriamente ditos, a centella asiática também auxilia a reduzir a ansiedade e aumentar a função cerebral em alguns paciente. Esta foi uma conclusão obtida por um estudo publicado no ano 2000, no periódico de Farmacologia Clínica. Pessoas que ingeriram uma dose de chá da planta passaram a demonstrar menor irritação e ansiedade em relação a barulhos externos do que aquelas que não haviam consumido, durante os testes.

Novos testes estão sendo realizados, atualmente, a respeito de sua eficácia para o tratamento dos sintomas da ansiedade enquanto condição crônica. Os estudos ainda são muito incipientes, e seus resultados não foram publicados.

Prevenção do câncer

Assim como todas as ervas ricas em antioxidantes, a centella asiática auxilia na prevenção do câncer. Seus componentes combatem a presença de radicais livres no organismo, evitando mutações celulares. Sua atuação é especialmente eficiente no que diz respeito ao câncer de pele, causado por exposição à radiação ultravioleta. Nestes casos, a erve previne as células em relação aos danos causados pela radiação.

Saúde do fígado

como-tomar-centella-asiatica-3-3-640-427

O extrato da planta demonstrou a capacidade de prevenção a danos no fígado, em um estudo publicado em 2010. Deve-se levar em consideração que o estudo foi realizado em animais de laboratórias, e ainda está em início de testes com humanos. Neste estudo, demonstrou-se que a ingestão dos componentes ativos da centella asiática durante três dias diminui significativamente os níveis de toxicidade no órgão.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *