Caapeba é considerada laxante natural; saiba mais aqui

Caapeba é uma planta da família Piperáceas, também conhecida como guaxima, capeba, caapeba do Norte, pariparoba, caapeba cheirosa e catajé. Costuma ser utilizada como laxante e para tratar doenças do aparelho urinário, resfriados e afecções das vias respiratórias.

E mais: a caapeba cheirosa é ainda uma opção – na medicina popular – para combater úlcera, escorbuto, furúnculos, sífilis, leucorreia, disfunções gástricas e no fígado, vesícula e baço; dispepsia e distúrbios menstruais, entre outros.

Isso ocorre porque as propriedades terapêuticas atribuídas à capeba incluem ações: diurética, emoliente, estomáquica, desobstruente, tônica, resolutiva, sudorífera, antipirética, febrífuga e antiepiléptica; antianêmica, antiespasmódica, anti-inflamatória, laxativa, colagoga e vermífuga.

E elas são obtidas usando suas raízes, folhas, sementes e caule, dos quais são extraídos os princípios ativos da Caapeba: esteroides, pigmentos, óleo essencial, mucilagens, apiol, substâncias fenólicas, chavicina, piperina, piperatina, pariparobina e jamborandina.

Normalmente, é a casca da planta a parte usada para os problemas respiratórios. Já as demais, podem ser úteis em condições como úlceras, males gástricos, problemas no baço, fígado ou vesícula.

O chá de Caapeba é popular em muitas partes do Brasil devido seu efeito de bem-estar. No entanto, não é intenção deste artigo substituir qualquer aconselhamento ou prescrição de um médico.

Não custa nada reforçar: consulte sempre um profissional capacitado e de sua confiança antes de iniciar um tratamento, ainda que utilizando ervas medicinais.

Mas um dos destaques da caapeba do Norte seria a propriedade diurética, capaz de favorecer a eliminação do excesso de líquidos retido no corpo, assim como as toxinas e micro-organismos.

Dessa maneira, a Caapeba é considerada aliada do funcionamento da bexiga, prevenindo e combatendo infecções urinárias e cistites. Por consequência, outro benefício seria a redução do inchaço corporal, auxiliando na redução principalmente do volume no abdômen.

Atribui-se à planta também a propriedade laxativa, ajudando a minimizar problemas digestivos, desconfortos estomacais e irregularidade intestinal. Lembrando que o bom funcionamento do intestino contribui com o emagrecimento e o aumento da disposição.

Caapeba: outros usos e recomendações

Diz-se que a Caapeba, por conta de sua ação tônica, pode estimular o organismo a trabalhar melhor, fortificando seus mecanismos e processos. Ou seja, ela teria a capacidade de diminuir a sensação de cansaço e fraqueza, além de atuar na produção de novas células e recuperação dos tecidos.

Quanto à propriedade sudorífica da pariparoba, ou seja, ao poder de provocar a transpiração, ela pode ser aproveitada para favorecer a eliminação de impurezas e bactérias através da pele. Portanto, a planta agiria como aliada das funções diurética e laxativa.

Existe a possibilidade de aproveitamento da Caapeba por parte dos atletas ou praticantes regulares de atividades físicas no sentido de aliviar inflamações e dores musculares. O que pode ser justificado pela propriedade anti-inflamatória do vegetal.

Atenção: este post tem função de informar. Plantas medicinais podem ter contraindicações e interações medicamentosas. Consulte sempre um naturopata ou fitoterapeuta e seu médico antes de começar qualquer tratamento. Não pratique a automedicação.

Importante: a Caapeba é contraindicada para grávidas e lactantes. Entre os efeitos adversos dela, estão: vômito, diarreia, náuseas, cólicas, febre, dor de cabeça, tremores e alergias. Se você sentir alguma reação desagradável ao consumir uma planta medicinal, interrompa o uso imediatamente e procure ajuda médica.

A capeba é uma planta é brasileira, muito comum em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e sul da Bahia. É arbusto de cerca de 2 metros, com minúsculas flores distribuídas em espigas e folhas em formato oval ou de rim. Ela cresce espontaneamente, geralmente em terrenos estercados e úmidos, em bosques ou próximos a eles.

E você, já ouviu falar da Caapeba ou usou a planta em algum preparo com fins medicinais? Deixe seu comentário!

Até a próxima!

Leave a Reply