Benefícios do chá caseiro [Guia completo]

Não importa qual seja a estação do ano, o chá pode a boa pedida para qualquer hora do dia. Tantas são as suas variações, que ele pode ser servido quente ou gelado, de acordo com sua escolha. E quando feito em casa, pode ainda ganhar um toque todo especial. Mas será que você conhece todos os benefícios do chá caseiro?

É isso mesmo, seus benefícios vão muito além do agradável sabor de uma bebida. Inúmeras pesquisas têm revelado que beber chá pode realmente melhorar a nossa saúde. Se você quer saber mais sobre essa riquíssima fonte de saúde natural, acompanhe nosso artigo e conheça todos os benefícios do chá caseiro.

 

O poder curativo dos chás

 

Sempre que ouvimos falar em tratamento medicinal, logo nos vem à cabeça os antigos curandeiros e povos indígenas, não é mesmo? Mas, para quem não sabe, a medicina natural é praticada há séculos, com muito sucesso também pelos médicos.

Antes do surgimento de todo o aparato da modernidade, os médicos de antigamente faziam uso das técnicas naturais e remédios à base de ervas para tratar doenças ou curar ferimentos.  Dessa forma, tudo podia ser tratado com as ervas medicinais, desde o mais simples resfriado até doenças mais graves, como câncer e doenças cardíacas.

Um dos métodos mais antigos de medicina, que continua em uso até hoje, é a fitoterapia, que consiste no tratamento através das plantas medicinais. Por isso, como já vimos, desde a antiguidade o homem já se utiliza dos poderes medicinas das plantas para diversos tipos de tratamento em busca de cura e prevenção de diversas doenças e sintomas. Tanto são os poderes curativos das plantas que muitas delas são usadas na composição dos remédios alopáticos e homeopáticos.

E se tem algo que não mudou com o passar dos séculos, foi a utilização dessas plantas medicinais em forma de chá. Este é o método mais comum para se obter todos os benefícios das ervas em favor de nossa saúde. Aliás, depois da água, essa milenar tradição acabou se tornando um hábito comum, e o consumo do chá vem se tornando mundialmente o mais popular.

E tantos são os benefícios do chá caseiro, que, mesmo nos dias atuais, há muitas pessoas que dão preferência a eles, em lugar do remédio farmacológico. Portanto, para diversos tipos de tratamentos existe uma grande diversidade de chás. Basta conhecer as propriedades de cada um.

Vale lembrar que o chá caseiro pode ser feito a partir de folhas de ervas, troncos, raízes, flores e frutas. Aqui em nosso blog você pode ter acesso aos mais variados chás caseiros, bem como seus usos e benefícios. Vale a pena conferir.

 

benefícios do chá caseiro

chá gelado

 

Os benefícios do chá caseiro

 

Muitas pessoas se torcem o nariz ao ouvir fala em chá, mas podemos garantir que existem muitos motivos para você fazer disso um bom hábito. Além de serem deliciosos, os chás caseiros podem ser consumidos quentes nos dias de inverno, e gelados nos dias de maior calor. Somente isso já é suficiente para gerar uma sensação deliciosa após o consumo de uma boa xícara de chá.

Além disso, os benefícios do chá caseiro vão além do uso medicinal, pois muitas pessoas estão trocando o tradicional cafezinho pelo chá. Isso porque muitas ervas não contêm cafeína. Já as que contêm, geralmente são em quantidades menores comparadas ao café. Isso significa que o chá caseiro pode ser consumido sem os efeitos desagradáveis ​​no sistema nervoso que a cafeína do café acaba provocando.

Outro fator importante para quem pensa em consumir os chás caseiros, é que existe um grande variedade de chás à nossa escolha. De acordo com cada tipo de ingrediente que for usado para fazer o seu chá, você poderá obter diferentes efeitos. Alguns deles são:

 

  • Relaxante
  • Estimulante
  • Revitalizante
  • Curativo
  • Emagrecedor
  • Antioxidante
  • Limpeza de efeito detox
  • Digestivo
  • Diurético
  • Laxativo etc

 

Como fazer os chás caseiros

 

Para você obter todos os benefícios do chá caseiro, é importante você observar as diferentes formas de preparo. Isso é muito importante se você quiser manter as propriedades de cada ingrediente. Os preparos devem ser feitos da seguinte forma:

 

Em infusão

Indicado para as partes mais delicadas da planta, como: folhas, flores e caules mais tenros. No processo de infusão a erva não pode ser cozida diretamente na água. Para fazer a infusão você deverá ferver a água primeiramente e só depois vertê-la sobre a erva. Depois disso, o recipiente deve ser tampado e a mistura permanecer em repouso por, no mínimo, 10 minutos. A infusão deve ser consumida no prazo de 24 horas. Depois desse período, a erva perderá as suas propriedades.

 

Decocção

Indicado para o preparo das partes mais duras da planta, bem como: raízes, cascas e sementes. Essas partes devem ser feitas com esse método por serem mais duras, necessitando do processo da ebulição para libertar seus princípios ativos. Para fazer a decocção, a planta deve ser juntada à água para serem cozidas juntas. O tempo de cozimento deverá variar entre 15 a 30 minutos.

 

Maceração

Indicada para plantas que não podem passar pelo processo a quente, pois perdem suas propriedades. É o caso das plantas ricas em taninos e geralmente são conhecidas pelo saber amargo. Para fazer a maceração, você deve friccionar a planta triturando-a com o auxílio de um pilão. Depois disso a água pode ser acrescentada.

 

Leia mais a respeito: Ervas medicinais: saiba o que são e para que servem 

 

E então, esse artigo sobre os benefícios do chá caseiro foi útil para você? Se sim, não deixe de compartilhar com seus amigos em suas redes sociais.

Leave a Reply