Banhos termais sulfurosos: o poder das águas que curam

Se alguém ainda nunca experimentou as delícias e os benefícios dos banhos termais sulfurosos, não sabe o que está perdendo. Viver uma experiência em meio às águas que curam, sem dúvida alguma é algo único e, por que não, divino?

 

Conheça nesse artigo todas as maravilhas dos banhos termais sulfurosos e saiba onde encontrá-los aqui no Brasil.

 

 

O que são os banhos termais

 

Se você ainda não conhece, os banhos termais são os banhos feitos em águas termais. Essas águas termais – também chamadas de águas minerais – são as águas provenientes de fontes naturais, ou até mesmo as artificiais, mas cujas composições químicas são benéficas à nossa saúde. Para melhor compreendermos, as águas termais (minerais) são derivadas das águas subterrâneas, e são enriquecidas em sais e minerias que são retirados das rochas por onde elas passam.

 

 

Essas águas chegam a atingir profundidades muito maiores e são muito mais enriquecidas em sais, possuindo novas características físico-químicas, como, por exemplo, uma maior temperatura e um pH muito mais alcalino.

 

Mas de onde se descobriu esse poder das águas? Essa descoberta vem desde a antiguidade, quando na Grécia, Hipócrates já defendia seus poderes curativos desenvolvendo a teoria: Águas, ares e lugares. Essa teoria tinha como tese a integração do homem com natureza a fim de alcançar uma vida saudável.

 

Já desde o século 19 o homem já tinha experiência com cura pela natureza, e os banhos termais já eram utilizados para benefício para o corpo. A exemplo disso temos os banhos termais sulfurosos, que eram amplamente utilizados para o alívio das dores físicas.

 

Essa tradição perdura até hoje, e essa espécie de “ritual das águas” é utilizado tanto para efeito terapêutico como também uma fonte de bem-estar. Assim sendo, os pilares do termalismo ganham força até a atualidade, quando o homem vive em constante busca de cura pela natureza.

 

Os tipos de águas termais

 

Existem diferentes tipos de águas minerais, cuja diferença está na sua composição química. Assim sendo, temos vários tipos de águas termais, como podemos conferir alguns exemplos a seguir:

 

  • Águas sulfatadas sódicas: ricas no mineral sulfato e são indicadas para problemas de pele e intoxicações por medicamentos ou alimentos.
  • Águas Sulfurosas: contêm enxofre e possuem alta temperatura, e são indicadas para doenças reumáticas, diabetes, asma, colites, problemas de pele, intoxicações e inflamações.
  • Águas cloretadas: ricas em cloreto, sendo que alguns tipos também contêm sódio, aumentando a eficácia de sua ação anti-inflamatória. São indicadas para o tratamento de dermatites, estresse e contrações musculares.
  • Águas ferruginosas: ricas em mineral ferro e são indicadas para o tratamento de anemia, doenças reumáticas e problemas hepáticos e biliares.
  • Águas radioativas: ricas em radônio, um gás nobre de origem natural que ajuda a estimular o metabolismo. São indicadas para o tratamento da diabetes, fortalecimento do sistema imunológico, estresse e infecções vaginais.
  • Águas bicarbonatadas: frias e alcalinas, com uma grande concentração de bicarbonato de sódio e potássio.  São indicadas para o tratamento da azia, diabetes e cálculos renais.

 

 

O que são os banhos termais sulfurosos

 

Como já vimos, os banhos termais sulfurosos são um dos tipos de banho feitos com águas termais. Sua principal característica é que as águas sulfurosas têm o enxofre como seu ingrediente principal. Possuem um odor pouco agradável.

 

Assim sendo, a principal função dos banhos termais sulfurosos é auxiliar nas crises do sistema respiratório, processos inflamatórios, doenças reumáticas, asma, alergias cutâneas, intoxicações, tensão muscular etc.

 

Outros benefícios encontrados com o tratamento dos banhos termais sulfurosos é uma melhora significativa na circulação sanguínea, além de um forte revigoramento do nosso organismo.

 

 

Onde encontrar águas termais

 

Existem alguns lugares no Brasil que oferecem diferentes tipos de águas termais, alguns deles com o tratamento dos banhos termais sulfurosos. Alguns deles são:

  • Águas de São Pedro (São Paulo)
  • Lindóia (São Paulo)
  • Serra Negra (São Paulo)
  • Poços de Caldas (Minas Gerais)
  • Araxá (Minas Gerais)
  • Cipó (Bahia)
  • Cachoeira Dourada (Goiás)
  • Caldas Novas e Rio Quente (Goiás),
  • Monte Alegre (Pará)
  • Mallet (Paraná)
  • Piratuba (Santa Catarina)
  • Marcelino Ramos (Rio Grande do Sul) etc

 

 

E, então, esse artigo sobre os banhos termais sulfurosos foi útil para você? Continue nos acompanhando e receba muitas dicas de tratamentos naturais medicinais.

Ah, e não deixe de compartilhar o artigo com seus amigos nas redes sociais!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *