Hamam, o famoso Banho Turco

A origem do banho turco

O banho turco, originalmente conhecido como Hamam, é um banho terapêutico a vapor, de origem árabe e muito apreciado na Grécia e Roma antigas. Inicialmente, eles eram oferecidos em locais construídos em mármore, com tetos côncavos e caldeirões de barro. Neles, se fervia água com folhas de eucalipto.

A princípio, os banhos turcos eram reservados exclusivamente aos homens e, somente mais tarde, as mulheres conseguiram adquirir o direito a frequentar esses locais de banho. Foram então construídos Hamans separados para homens e mulheres.

Para os homens, o Banho Turco proporcionava oportunidades de negócio, discussões políticas, serviços de barbeiro, etc. Já para as mulheres, este era o local ideal para a descoberta de futuras noras, apreciação de música, danças e outros entretenimentos.

 

No que consiste o banho turco

Trata-se da prática de um banho a vapor, em um ritual de banho designado para a purificação. O banho turco consiste, basicamente, em um banho a vapor quente seguido de um banho de ducha fria.

Nesse banho a vapor quente e úmido, o banhista permanece por cerca de 10 minutos. Depois disso, ele vai para outro ambiente, onde passará por um banho com água fria. Esse banho pode ser através de uma ducha forte ou mesmo através de banhos feitos com jarras de água junto com uma massagem com óleos e espumas medicinais.

Embora o conceito seja o mesmo (banho a vapor quente seguido de banho frio), seus rituais variam de acordo onde são oferecidos tais banhos. Muitas vezes são seguidos de outros elementos como esfoliação, massagem, etc

Por causa do vapor, o banhista começa a transpirar sem que sua transpiração se evapore – por conta da umidade do vapor. Buscando equilibrar sua temperatura natural, o corpo que já está suando significativamente, começa a eliminar impurezas do corpo. É através desse processo que grande quantidade de toxinas é eliminada.

Vale lembrar que no banho turco o vapor é úmido, diferente da sauna seca, onde o ambiente é bem mais seco e quente.

Os efeitos terapêuticos do banho turco

Através da transpiração, o corpo começa a eliminar todas as suas impurezas, eliminando toxinas e combatendo a retenção de líquidos. Esse banho possui uma série de efeitos terapêuticos, como veremos a seguir:

  • Desintoxica o organismo
  • Reduz o stress e alivia as dores musculares.
  • Melhora a circulação sanguínea
  • Diminuição da retenção de líquido
  • Proporciona a melhora do sistema imunológico
  • Estimula a renovação celular
  • Hidratação da pele e melhora do aspecto da pele
  • Alívio de sintomas respiratórios
  • Alívio de estresse e ansiedade, entre outros

 

Os rituais do Banho Turco

Os rituais dos hamams podem variar de acordo com o local onde esses banhos são feitos. Em alguns lugares, os rituais seguem os seguintes passos:

O banho a vapor quente se inicia em sauna aromatizada com óleos essências. Nesse período (cerca de 10 minutos) o corpo começa a suar, sendo preparado para a desintoxicação e também relaxamento.

O banhista então segue para outro ambiente onde passa por um banho de imersão em uma banheira de água fria.

Em seguida, em um ambiente próprio, ele se deita e começa a receber um banho de espuma com esfoliação, feitos pela massagista.

Para retirar a espuma, o banhista segue para uma ducha com jatos fortes de água.

Para finalizar, ele recebe um tratamento à base de massagens que proporcionam hidratação e relaxamento.

 

Contra indicação

O banho turco é contra indicado para quem tem problema de pressão alta.

Onde fazer o banho turco.

No Brasil existem alguns SPA que fornecem esse tipo de serviço. Como já vimos, os rituais do banho turco podem variar de SPA para SPA.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *