Arnica: usos e benefícios

A arnica é utilizada há muitos anos, como uma forma natural de aliviar dores diversas – em especial vinda da artrite e da prática esportiva. Além de tratar a dor, seus efeitos sobre a pele incluem acelerar a cicatrização e normalizar a textura da pele.

Trata-se de um planta que produz flores semelhantes à margarida. Suas flores amarelas são nativas da Europa e de algumas áreas da América do Norte. Em locais como o Alasca, por exemplo, os nativos já utilizavam seu potencial medicinal.

Sua atuação, no entanto, não ocorre apenas sobre a pele. Confira quais são os principais efeitos da arnica sobre o corpo, e quais seu principais benefícios para a saúde:

Principais benefícios da arnica para a saúde

Acredita-se que a arnica possua efeitos sobre a circulação sanguínea, e que ela atue sobre dores e inchaços em lesões menos graves. Ela pode ser utilizada em aplicações tópicas sobre a pele, ou em soluções aquosas de forma externa ou interna. Você pode encontrar a planta em diversas formas, incluindo loções, cremes, diversos tipos de gel, entre outros.

Os benefícios para a saúde em maior destaque geralmente são:

arnica-1

Redução de inflamações

Um dos usos mais comuns da arnica é, sem dúvidas, o combate a inflamações. Seus efeitos anti-inflamatórios auxiliam a aliviar lesões, em especial aquelas ocasionadas pela prática esportiva. Para estes benefícios, utiliza-se aplicações tópicas em gel ou em extrato.

A redução de inchaços costuma ser muito rápida em função dos componentes da planta. Ao fazer uma aplicação de arnica, a sensação de relaxamento pode ser sentida de forma quase instantânea. Por isso, muitos medicamentos para lesões musculares contém a planta em sua composição.

Capacidade analgésica

Além da capacidade anti-inflamatória, há outro efeito bastante conhecido que a arnica é capaz de gerar. A planta apresenta capacidade analgésica, aliviando dores externas e internas. É por isso que uma enorme quantidade de medicamentos utilizam a planta em sua composição.

A combinação anti-inflamatória e analgésica é ideal para o tratamento de diversas condições. Isso garante a melhoria da causa do problema – a inflamação – e diminuição da dor consequente.

Acne e doenças de pele

Para completar a lista de atividades de cura de lesões, soma-se a capacidade antimicrobiana da arnica. Embora não seja um antisséptico pesado, seu efeito é suficiente para tratar diversas condições de pele. É o caso de acne, psoríase, eczemas e outros problemas do tipo.

Além disso, lesões leves na pele em função de atrito, como arranhões, esfolados e assaduras, podem tratadas rapidamente com a planta. A combinação de antisséptico com anti-inflamatório acelera rapidamente o processo de cura, além de oferecer conforto através de sua ação analgésica.

Promove a saúde do cabelo

Se você está começando a achar cada vez mais fios de cabelo em sua escova, isso pode indicar o desenvolvimento de condições de calvície. Embora seja um processo comum, fortalecer os folículos capilares pode a ajudar na prevenção de queda de cabelo. Por isso, muitos shampoos especiais para a situação utilizam Arnica em sua composição.

Cuidados sobre a Arnica

arnica-2A arnica possui efeitos essencialmente benéficos para a saúde, mas alguns detalhes devem ser observados. A planta não deve ser utilizada para consumo oral. Ela é, na verdade, bastante tóxica, se ingerida desta forma.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *