Alcachofra: quais os benefícios para a saúde?

A alcachofra é um alimento saudável e uma espécie de cardo, rica em nutrientes e propriedades benéficas para a saúde. Geralmente seu consumo é associado à prevenção do câncer e melhorias no sistema imunológico, além de proteção contra doenças cardíacas e diabetes.

Há muito tempo, o consumo de alcachofra também está associado a dietas detox e a suas melhorias no funcionamento do trato digestivo.

A alcachofra pode ser encontrada em diversos locais da Europa, o Oriente Médio e nas Américas. É mais raro em regiões asiáticas, embora também possa ser encontrado em alguns pratos.

Sua parte comestível está nos gomos que ficam na flor antes que ela desabroche totalmente. Por isso, o momento é um dos importantes fatores para o cultivo e o aproveitamento da planta. Quando o broto desabrocha em flor, as alcachofras deixam de ser comestíveis. O “coração” da alcachofra – local de onde nascem os outros brotos – é considerada a parte mais nobre da planta, embora não apresente uma diferença nutricional tão significativa.

Valores nutricionais da alcachofra

As alcachofras possuem baixos níveis de gorduras saturadas e colesterol. São ricas em fibras, vitaminas e mineiras. São especialmente ricas em vitaminas como a C, a B6, a B12, A, E, D e K; Além disso, cálcio, ferro, potássio, sódio, zinco e fósforo são minerais muito presentes na planta.

Benefícios para a saúde

Com a enorme quantidade de antioxidantes presentes em sua composição, assim como outros nutrientes essenciais, a alcachofra é geralmente associada e diversos benefícios para a saúde. Eles vão desde a melhora das funções digestivas, até prevenção de câncer e doenças cardíacas.

A maioria destes benefícios já são cientificamente comprovados em, ao menos, algum nível. Confira a longa lista de benefícios da alcachofra:

  • Prevenção do câncer: como o vegetal com maior nível de antioxidantes entre todos, as alcachofras estão entre os principais combatentes de radicais livres que estimulam o câncer;
  • Saúde cardíaca: seus componentes são capazes de aumentar o HDL (“bom colesterol”). Além disso, reduz a pressão sanguínea, diminuindo os riscos de ataques cardíacos e derrames;
  • Pressão sanguínea: através dos minerais presentes em sua composição, a alcachofra é um importante vasodilatador. Além disso, equilibra quimicamente os minerais presentes no organismo – especialmente os níveis de sódio;
  • Saúde do fígado: alcachofras são utilizadas para melhorar a saúde do fígado há séculos. Acredita-se que os benefícios sejam fruto dos antioxidantes presentes na planta. Eles promovem a recuperação e crescimento de novas células no órgão;
  • Trato digestivo: por ser um alimento riquíssimo em fibras, a alcachofra oferece diversos benefícios para a melhoria do funcionamento do funcionamento;
  • Cura para a ressaca: embora não seja exatamente uma melhoria de saúde, trata-se de uma característica importante da planta. Suas propriedades são capazes de eliminar as toxinas do organismo. Isso facilita a cura da ressaca a ocorrer mais rapidamente – o que não quer dizer que você deva abusar da bebida;
  • Saúde dos ossos: as alcachofras são ótimas para a saúde dos ossos em função da alta concentração de vitaminas e minerais. Estes minerais aumentam a densidade do osso e diminuem os riscos de condições como a osteoporose;

Cuidados necessários com o consumo de alcachofras

artichoke-1127911_960_720

Embora os benefícios da alcachofra sejam verdadeiramente grandiosos, há cuidados importantes associados a todos os alimentos – inclusive alcachofras. Algumas pessoas apresentam alergias à planta – especialmente em extratos concentrados de suas folhas. Por isso, é necessário fazer um teste cuidadoso antes de se consumir o produto, para evitar riscos de saúde.

Pessoas que já possuam doenças no fígado ou na bexiga devem evitar adicionar a alcachofra em sua dieta. Elas podem intensificar alguns aspectos negativos da doença. Por isso, é necessário que o alimento seja utilizado como um método preventivo para estes órgãos, e não como uma cura.

Isso ocorre em função da propriedade diurética da alcachofra. Por isso, se você já sofre de atividade excessiva da bexiga, recomenda-se não exagerar na dose consumida.

Veja também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *