Agrimônia: usos e benefícios para a saúde

A agrimônia é bastante utilizada por suas funções digestivas, mas seus benefícios vão muito além. Preparações com a flor podem ter efeitos em inflamações, em incômodos da menstruação e na saúde da pele, dos cabelos, das unhas e da bexiga.

Saiba mais sobre a agrimônia, e quais seus efeitos na saúde:

O que é a agrimônia?

Agrimônia é o nome dado a aproximadamente 15 espécies semelhantes de flores. Elas são mais comuns nos hemisfério norte, embora sejam encontradas, atualmente, em outras regiões.

Seu uso mais antigo é registrado na África, onde – há centenas de anos – é utilizada por suas propriedades medicinais. Enquanto os potenciais benefícios ainda são testados pela medicina moderna, sua utilização tradicional garante que os efeitos são reais. Na prática, até hoje utiliza-se a agrimônia como parte de tratamentos em regiões mais tradicionais.

Nos tempos antigos, a agrimônia era geralmente utilizada em diversas bebidas e soluções de curandeirismo. Suas folhas e flores contém um composto químico único, que é capaz de desintoxicar o corpo, além de ter efeito anti-inflamatório, coagulante e adstringente.

Em função deste espectro amplo de ação, a agrimônia é utilizada como parte de diversos tratamentos.

Benefícios da agrimônia para a saúde:

Entre os principais benefícios atribuídos à planta, destacam-se:

Sintomas menstruais

Obviamente, não há nada de errado que precise ser tratado durante a menstruação. Alguns de seus sintomas, no entanto, como fortes cólicas e sangramentos exagerados (geralmente por infecções)  são excessivamente incômodos. É nestes casos que a planta pode auxiliar a diminuir as dores.

Problemas digestivos

Por ser anti-inflamatória, irritações no trato digestivos e diarreias são facilmente pela agrimônia. Ela reduz irritações e inflamações que causam os danos nas membranas do trato digestivo.

Problemas respiratórios

De forma semelhante ao que ocorre no trato intestinal, a planta funciona muito bem com questões respiratórias. Ela é comumente utilizada para tratar bronquite, sinusite e gargantas inflamadas.

Saúde da bexiga

À medida que envelhecemos, o controle da bexiga é um problema significativo e inegável. A propriedade adstringente da agrimônia torna o controle da bexiga mais fácil, reduzindo a incontinência. Uma de suas vantagens é a ausência de efeitos colaterais significativos. Por isso, seu uso é possível tanto em idosos, quanto em crianças, sem riscos.

Saúde da pele

Se você sofre com acne, espinhas, eczemas, psoríase e outras condições manifestadas na pele, a aplicação tópica de soluções com agrimônia diretamente sobre a área pode auxiliar no alívio da dor. Seu uso oral também pode gerar um bom efeito, embora não seja tão direto.

A agrimônia funciona tanto em irritações diretas na pele, quanto em erupções ocorridas sob a pele, com pouca manifestação externa.

Desintoxificação do organismo

Os ingredientes ativos da agrimônia são diretamente ligados à saúde do fígado e da bexiga. Com as funções destes órgãos otimizadas, o resultado é a maior capacidade do corpo de eliminar toxinas que acumuladas no organismo. Isso previne uma série de problemas de saúde mais graves, promovendo uma melhor eficiência metabólica.

Saúde dos cabelos e unhas

O ácido silícico é encontrado na agrimônia, e este componente único é conhecido por melhorar a força, a aparência e a saúde geral das unhas e do cabelo. São efeitos significativos, que ocorrem prevenindo quebras fáceis a aparência lascada. Embora não tenha ação direta sobre a saúde, é uma solução simples para algo que pode ser bastante incômodo.

Precauções com a agrimônia

planta-agrimonia-e-sua-acao-contra-doencas

Nem a flor nem as folhas da planta são conhecidas por efeitos tóxicos e alérgicos. Na prática, não há condições conhecidas de reações à planta – o que torna seu uso bastante seguro.

No entanto, sua qualidade adstringente, que auxilia no tratamento de diversos condições, pode ter efeitos de constipação. Por isso, é importante consumir o produto de maneira moderada. Sempre consulte um médico antes de adicionar soluções de ervas em sua rotina alimentar.

Veja também:

Leave a Reply